segunda-feira, 20 de abril de 2015

ARRAIOLOS: Estafeta 25 de Abril


ALCÁCER DO SAL: Vitorino e os Camponeses de Pias animam celebrações do 25 de Abril

Um concerto de Vitorino com o Grupo Coral e Etnográfico "Os Camponeses de Pias" é a proposta musical da Câmara Municipal de Alcácer do Sal para as celebrações do 41.º aniversário do 25 de Abril.
Integrado num programa vasto programa que decorre durante todo o mês de abril e se estende a várias localidades do concelho, o espetáculo acontece no dia 24, no Largo de Luís de Camões, às 22h00, seguindo-se o habitual fogo-de-artifício e animação a cargo da DJ Miss Fox.
O concerto junta o cantor Vitorino, natural de Redondo e cujo repertório tem incidido muito na música popular do Alentejo, e o Grupo Coral e Etnográfico "Os Camponeses de Pias", do concelho de Serpa, fundado há mais de 45 anos.
Para o dia 25, às 09h00, está prevista a cerimónia de hastear da bandeira no edifício dos Paços do Concelho, ao som das filarmónicas Amizade Visconde de Alcácer e Progresso Matos Galamba, e às 10h30, o hastear da bandeira acontece também no Torrão.
Cinema, desporto, espetáculos musicais, caminhadas, jogos tradicionais, bailes, exposições e tertúlias são outras das iniciativas programadas para comemorar a Revolução dos Cravos no concelho de Alcácer do Sal, no litoral alentejano.
"Outro País", um documentário de Sérgio Tréfaut com a visão de fotógrafos e cineastas sobre a revolução de 1974, está a ser projetado nas localidades de Vale de Guizo, Santa Susana, Santa Catarina, Foros de Albergaria, Barrancão, Torrão, Rio de Moinhos e Montevil.
Uma prova de atletismo, encontros de pesca, jogos de futebol, passeios de BTT e um torneio de futsal são alguns dos eventos desportivos agendados.
Na povoação de Santa Susana, decorre, entre 30 de abril de 03 de maio, a iniciativa "Há festa na aldeia", com concertos, desporto e documentários, a cargo da associação sociocultural Raízes. A programação completa pode ser vista aqui: http://issuu.com/imprensa2/docs/programa25abril2015

domingo, 19 de abril de 2015

VENDAS NOVAS: Comemorações do 25 de Abril


ÉVORA: Exposição "Construir a Paz com os valores de Abril"

“Construir a Paz com os Valores de Abril” é o título da exposição do Conselho Português para a Paz e Cooperação que, em conjunto com a União das Freguesias de Malagueira e Horta das Figueiras e o apoio da Câmara Municipal de Évora, vai estar patente no edifício da Malagueira da União das Freguesias até ao dia 30 de abril, no âmbito das comemorações do 25 de Abril.
A inauguração, que terá lugar dia 10 de abril pelas 18h15, será acompanhada de um debate onde estarão presentes a Presidente do Conselho Português para a Paz e Cooperação Ilda Figueiredo e o Presidente da União das Freguesias de Malagueira e Horta das Figueiras José Russo.

GRÂNDOLA: Oquestrada animam Comemorações do 25 de Abril

Abril é mês de festa e celebração na Vila Morena!
Para comemorar o quadragésimo primeiro aniversário da Revolução dos Cravos, o Município preparou um vasto e diversificado programa em parceria com as Juntas de Freguesia e Movimento Associativo: Literatura, Desporto, Exposições, Festas Populares, Cinema, Debates e Espetáculos vão acontecer um pouco por todo o concelho de Grândola, Terra da Fraternidade.
Participe!

Abril em Grândola. Dá mais força à Liberdade!

SINES: Espectáculo "José Afonso - O Canto da Utopia"

25 ABR > Espetáculo “José Afonso – O Canto da Utopia”
CAS – Auditório | 22h00 | Dur. 90m | Entrada gratuita mediante reserva
Viagem intimista pela vida e obra poética e musical do génio da música popular portuguesa, iniciada em Coimbra, na década de 50, e percorrendo as duas décadas e meia seguintes. Revela-se a postura estética, cívica e interventiva de Zeca Afonso, cuja obra irá constituir a génese da Nova Música Portuguesa como referência fundamental.
Este recital traduz-se num momento muito particular, onde são exultadas a música, a poesia, a composição e a postura livre do criador, que não se alheia do contexto social, humano e político onde está inserido.

Espetáculo apresentado por Eduardo M. Raposo, a partir das próprias palavras de José Afonso, com temas exclusivos do Zeca interpretados por Francisco Naia, acompanhado por Ana Pereira Neto (voz) e pelos músicos José Carita (guitarra clássica), Edmundo Silva (baixo acústico) e Ricardo Fonseca (guitarra clássica e viola campaniça).

sexta-feira, 17 de abril de 2015

CASA DO ALENTEJO: Homenagem ao prof. Bento de Jesus Caraça

Dia 18 de abril 2015 - 16h
A Casa do Alentejo tem o prazer de a(o) convidar a assistir à sessão de homenagem ao ilustre alentejano Bento de Jesus Caraça
Intervenções:
Presidente da Casa do Alentejo
Presidente da Câmara Municipal do Redondo
Dra. Helena Neves
Prof. João Caraça
Grupo Coral “As Escouralenses”

Visita à Exposição sobre a  vida e obra do Prof. Bento de Jesus Caraça

Documentário "Outro País", de Sérgio Tréfaut, apresentado em Marvão

No âmbito das celebrações do 25 de Abril
O documentário "Outro País", de Sérgio Tréfaut, sobre a Revolução Portuguesa, é apresentado em Marvão, na Casa da Cultura, dia 24 de Abril, pelas 21h, no âmbito da itinerância, em território nacional, agendada para o corrente mês.
 Trata-se da primeira obra de Sérgio Tréfaut, que após o restauro digital levado a cabo pelo realizador, é apresentada em estreia nacional e chega a Marvão por iniciativa do Periferias - Festival Internacional de Cinema de Marvão, com o apoio do Município.
"Outro País" apresenta-nos a Revolução Portuguesa (1974-75) vista através dos olhares de alguns dos mais importantes fotógrafos e cineastas internacionais que, nesse período, se deslocaram a Portugal e testemunharam de perto o evento.
 O golpe militar que derrubou a ditadura e a revolução que se lhe seguiu colocaram o país na ribalta da atualidade noticiosa mundial, suscitando sonhos e expectativas que são reavaliados no documentário, a partir de arquivos históricos reunidos para o efeito, mas também de testemunhos diversos, como é o caso do fotógrafo Sebastião Salgado.
 "Sentia-se uma liberdade imensa, na cabeça das pessoas e na linguagem. Creio que uma situação dessas, uma situação de felicidade nacional, foi a única vez que eu vivi", declara o conhecido fotógrafo brasileiro, numa das diversas contribuições incluídas em "Outro País".
 A pesquisa para este documentário, que data de 1999, revelou a existência de milhares de fotografias e cerca de 40 filmes estrangeiros sobre a Revolução Portuguesa, a maioria dos quais, por essa altura, sem cópia disponível em Portugal.
 Sérgio Tréfaut, o autor, considera que, "passados mais de 15 anos, e apesar do estilo muito jornalístico, a linha narrativa e a reflexão se revelaram de extrema atualidade" quando decidiu avançar com a recuperação da obra. "Quanto mais o filme avança, mais vamos pensando no Portugal e na Grécia de hoje", assinala.
 A escolha de Marvão como uma das localidades para apresentação desta versão restaurada de "Outro País" surge na sequência da presença do realizador na segunda edição do Periferias, o Festival Internacional de Cinema de Marvão. Na ocasião, foi exibido, em antestreia nacional, o seu documentário "Alentejo, Alentejo", uma obra que acompanhou a candidatura do Cante alentejano a património imaterial da humanidade.
 A terceira edição do Periferias está já em preparação e a projeção agendada para a Casa da Cultura de Marvão, no dia 24, servirá de oportunidade para uma primeira apresentação do programa e linhas principais do festival deste ano. Nesse sentido, a sessão contará com a presença da diretora do certame, Paula Duque Giraldo, bem como do presidente do Município de Marvão, Victor Frutuoso.

 Após a projeção do filme, decorrerá um encontro-convívio no espaço do Natural Bar, de Marvão.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

NISA: Comemorações do 25 de Abril


CUBA: Exposição "Lembrar Abril... e antes de Abril"

Vai estar patente até ao final do mês de Abril, na sala de exposições temporárias da Biblioteca Municipal de Cuba, a exposição “Lembrar Abril …e antes de Abril”.
A mostra, com pesquisa e conceção de Francisca Bicho, propõe recordar Firminiano Cansado Gonçalves, natural de Vila Alva e “um um dos primeiros que tentou recrutar Álvaro Cunhal”. “Era na altura um dirigente juvenil comunista (…) Nascido em Cuba, trabalhara como caixeiro em Baleizão e posteriormente viera para Lisboa estudar”…
Local : Biblioteca Municipal de Cuba

ALANDROAL: Comemorações do 41º aniversário do 25 de Abril


REDONDO: Exposição "O 25 de Abril na Poesia e na Música"

Encontra-se patente na Biblioteca Municipal de Redondo, de 09 a 30 de abril, uma exposição documental intitulada "O 25 de Abril na Poesia e na Música".
Esta exposição documental constituída por diversas revistas, jornais e CD assume-se como uma abordagem aos tempos em que a poesia e a música saíram à rua com a revolução  na escrita e na música.

 Ao visitar a exposição é possível observar a importância de diversos autores na revolução de abril tais como Ary dos Santos,  José Afonso, Vitorino, Sérgio Godinho, Sophia de Mello Andresen, Manuel Alegre, e muitos outros.