segunda-feira, 14 de abril de 2014

BARREIRO: Exposição do fotojornalista Eduardo Gageiro

A Exposição do fotojornalista Eduardo Gageiro, “Liberdade – Abril/Maio 1974”,  foi inaugurada no dia 11, pelas 16 horas, no Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC), no Barreiro.
Trata-se de uma mostra de fotografias, a preto e branco, obtidas entre os dias 25 de Abril e 1 de Maio de 1974 e publicadas no livro, com o mesmo nome, editado em 2013 com a parceria da Câmara Municipal do Barreiro.
A mostra está patente até 25 de maio, na Galeria Azul do AMAC.
Eduardo Gageiro considera esta obra um veículo para alertar as pessoas para uma “revolução que esperávamos todos que acabasse com a injustiça social, que acabasse com o grande fosso existente entre ricos e pobres mas que, infelizmente, não aconteceu”.
Eduardo Gageiro, fotojornalista português, nasce em Sacavém, a 16 de Fevereiro de 1935. Começa a sua atividade de repórter fotográfico no” Diário Ilustrado”, em 1957. Foi fotógrafo de: “O Século Ilustrado”, “Eva”, “Almanaque”, “Match Magazine”, “Associated Press” (Portugal), “Companhia Nacional de Bailado” e da Presidência da República. Expõe individual e coletivamente nos cinco continentes, desde 1967. Tem mais de 300 prémios ganhos em todo o mundo.
Publicou 16 livros, com textos de alguns dos principais escritores portugueses, tais como: José Cardoso Pires, José Saramago, Lobo Antunes, Lídia Jorge, Sophia de Mello Breyner Andresen e Miguel Torga.
É Mestre fotógrafo honorário – “Associação de Fotógrafos Portugueses” e Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.
CMBarreiro/Zoom online

Foto: Eduardo Gageiro