segunda-feira, 9 de junho de 2014

Passeio de Homenagem a Salgueiro Maia

O Grupo de Amigos de Castelo de Vide realiza no próximo sábado, dia 14 de Junho,  um passeio em homenagem ao capitão Salgueiro Maia.
O roteiro inclui a cidade de Santarém, passando depois pelas localidades de Alpiarça – com visita à Casa Museu dos Patudos e a Coruche, onde se fará visita à Escola Museu Salgueiro Maia, em S. Torcato.
O programa prevê a saída de Castelo de Vide pelas 8 horas da manhã e o regresso cerca das 22 horas do mesmo dia e inclui almoço em Almeirim e visita aos museus.

sábado, 17 de maio de 2014

ALANDROAL: 25 de Abril trouxe o Povo à Rua




O Alandroal comemorou o 40º aniversário da revolução de 1974 com diversas atividades pelo concelho. Uma data que toda a população fez questão de recordar e celebrar saindo à rua de cravo na mão.
Os festejos tiveram início na noite de 24 de abril com a peça de teatro “É Preciso não esquecer”, encenada pelos alunos da Universidade Sénior Túlio Espanca. Como o nome indica, a peça deu a conhecer aos mais novos o 25 de Abril e recordou aos mais velhos alguns dos acontecimentos que marcaram o país durante a ditadura. Temas como o ultramar, a destruição das famílias e dos sonhos dos jovens que partiram para as colónias, a censura e as repressões sofridas pelos opositores do regime foram os pontos-chave do teatro que culminou com a entoação da canção Grândola Vila Morena, a qual levantou toda a plateia.
Durante a manhã de 25, as ruas encheram-se de cidadãos para assistirem ao tradicional hastear da bandeira na Câmara Municipal e nas sedes de freguesia. Um momento cheio de emoção e significado acompanhado pela Banda do Centro Cultural de Alandroal.
Ainda de manhã foi inaugurada na vila de Terena uma exposição sobre o 25 de Abril, com desenhos e outros trabalhos das crianças do 1º ciclo e um atelier de pintura na Praça da República em Alandroal, intitulado “Pintar a Liberdade”, no qual os mais novos deram largas à imaginação.
O almoço convívio decorreu em Montejuntos, seguido de um momento musical com “Os Filhos da Liberdade” (Jorge Vadio, Nuno Barroso e Mário Leão).
Durante a tarde a população deslocou-se até ao Alandroal para ouvir o grupo “Trigueirão do Relheiro”, e os grupos corais de Alcáçovas e Malagueira, assim como o espetáculo de Manuel Freire “Cantigas de Abril”.
As comemorações não ficaram por aqui e no dia seguinte, 26 de abril, Terena voltou a receber a final da “5ª edição Seixal” em bicicleta, com chegada ao Santuário da Boa Nova.
Também no dia 30 de abril, integrado nos festejos, esteve em exibição no Fórum Cultural de Alandroal o filme “Até Amanhã Camaradas”.
O 40º aniversário da revolução dos cravos é comemorado durante todo o ano e várias são as iniciativas agendadas.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

TEXTOS DE ABRIL (2): Paraíso Fiscal

Paraíso Fiscal
Letra: Miguel Cardina; Música e arranjo: Diabo a Sete
Intérprete: Diabo a Sete* com Carlos Guerreiro (ao vivo no Teatro da Luz, Lisboa)

Dez cabelos penteados
Não pagam imposto
A luva está mais barata
Do que o fogo posto

Sabe bem pagar tão pouco
O segredo é total
Tens na ilha uma morada
Virtual

No Paraíso Fiscal
O silêncio é d'ouro
As mobílias são de prata
E os jardins de couro

Anjos, deuses, capitais
Filhos de alguém especial
Somar zeros à direita
Não faz mal

No Paraíso Fiscal
A justiça é cega
As fronteiras apagadas
E o tempo escorrega

Sabe bem pagar tão pouco
O segredo é total
Tens na ilha uma morada
Virtual

Guarda, rico, o teu roubo
Franca liberdade
Virar isto do avesso
Seria maldade

Somos sombras invisíveis
Sem gravata p'ra apertar
Mas hoje a nossa tampa
Vai saltar

Dez cabelos penteados
Não pagam imposto
A luva está mais barata
Do que o fogo posto

Sabe bem pagar tão pouco
O segredo é total
Tens na ilha uma morada
Virtual

No Paraíso Fiscal
O silêncio é d'ouro
As mobílias são de prata
E os jardins de couro

Anjos, deuses, capitais
Filhos de alguém especial
Somar zeros à direita
Não faz mal

GRÂNDOLA: Apresentação de livros


terça-feira, 13 de maio de 2014

TEXTOS DE ABRIL (1): Crónica de um tempo incerto

Partir! Partir, sempre. E regressar...
No princípio foi o sonho e a aventura em caravelas transbordando
Espalhámos a fé, levámos a “civilização ocidental” (sempre a civilização ocidental a moldar-nos, a tolher-nos os passos e os pensamentos), estendemos o poderio militar, dominámos, fomos conquistadores (de quê?), criámos mitos e heróis, mas olhando de soslaio as especiarias, o ouro e a glória...
Tudo tivemos e desbaratámos. Como agora. O cravinho e a pimenta. A malagueta e o açúcar. O café e o tabaco. Até o ouro do Brasil (quantos negreiros, quantos escravos mortos, quanto sangue derramado?) desperdiçámos. Tantos sonhos de riqueza em pouco tempo esfumados...
E novos sonhos se desfizeram em viagens consumidos.
Miragem de uma pátria imperial, estendida pelas cinco partidas do mundo, mas configurada sempre ao rincão original, europeu.
Partimos. Estendemos os olhos e a cobiça, fomos senhores de um vasto império.
E voltámos, sempre, mais pobres do que nunca, esquecidos de nós próprios...
Atravessámos mares e oceanos, desbravámos caminhos e florestas, fizemos a travessia do deserto e do tempo. Chegámos à década de 60 do século passado. Famintos, oprimidos, estranhos na própria “casa”, lançámo-nos noutra aventura: a conquista do pão e da dignidade.
Demandámos outras paragens, partimos novamente. Atravessámos Alpes e Pirinéus, fintámos a fome, suportámos os rigores do frio e da neve, enganámos os carabineiros.
Uns. Outros, não... Alguns jazem, sabe-se lá em que vereda ou ravina, perpassados pelas balas das armas dos homens sem coração ou pelo espírito da traição...
Partir e voltar. Sempre. O retorno ao rincão natal. A vida ligeiramente melhor. A dignidade reconquistada (será?).
Português. Povo que sofre, que luta, parte e retorna.
Já Eça, há uma século atrás entendia a sua alma.
Mário Mendes – Fev.1986

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Fundação INATEL: Exposição 1º de Maio - 40 anos em liberdade

Academia INATEL - Parque de Jogos 1º de Maio - Entrada Livre
3 - 31 de maio | inauguração dia 3 às 15h | 3ª a 6ª das 14h às 20h | sábado e domingo das 10h às 20h
Visitas guiadas para grupos de escolas (sob marcação) 3ª a 6ª das 10h às 13h | t. 210.027.193 | 40anos1demaio@inatel.pt
 A Fundação INATEL assinala os 40 anos do 1º de Maio de 1974 com uma exposição comemorativa do evento que levou milhares de portugueses às ruas de Lisboa, lembrada como a maior manifestação popular alguma vez registada. A concentração dos manifestantes ocorreu na Alameda D. Afonso Henriques, dali se dirigindo ao então denominado Parque de Jogos da FNAT, entretanto rebatizado como Estádio 1º de Maio.
Esta iniciativa promove a exibição de materiais documentais, nomeadamente fotografias e testemunhos, que revelam a história dos acontecimentos do primeiro 1º de Maio após 25 de Abril de 1974. Conta com o apoio do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa, centrais sindicais CGTP e UGT, OIT, Cinemateca Portuguesa, Associação 25 de Abril, Grupo RTP e DN.
Durante a inauguração, no dia 3 de maio, pelas 15h, será pintado um mural pelos alunos da Escola Secundária Artística António Arroio.
A mostra ficará patente até 31 de maio.

terça-feira, 29 de abril de 2014

PORTALEGRE: Teatro do Convento e SPZS comemoraram 25 de Abril




SPZS comemorou os 40 anos do 25 de ABRIL com o TEATRO do CONVENTO e amigos do Grupo de Cantares do Semeador
Na noite de 24 para 25, no espaço do Teatro do Convento, em Santa Clara, decorreu a festa de celebração do 40º aniversário do 25 de Abril.
Organizada pelo Grupo do Teatro do Convento ao qual se associou o Sindicato dos Professores da Zona Su,l a festa/convívio contou com a participação de alguns músicos do Grupo de Cantares do Semeador. A exposição do SPZS - "Páginas da Liberdade - Páginas da Revolução" ocupou o palco do Teatro na Igreja de Santa Clara enquanto eram projectados na fachada documentários e filmes alusivos ao 25 de Abril. No espaço do café decorreu a sessão de poesia e canto com muitos dos presentes a subirem ao palco com grande naturalidade para recitar a poesia de Abril convocando todos os poetas de Natália Correia, Manuel Alegre, Eugénia Cunhal, Ary dos Santos a Camões, ouviram-se poemas de amor, protesto e luta que foram também cantados por todos à medida que a memória das letras se recompunha, "Cantata da paz /vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar" de Sophia de Mello Breyner iniciou a parte musical que terminou com a "Grândola" já na madrugada do dia 25 de Abril.  

PÓVOA E MEADAS: 1º de Maio com Convívio Popular na Barragem


ÉVORA: Tino Flores no Armazém 8


sexta-feira, 25 de abril de 2014

Revista "Alentejo já está nas bancas

Já está nas bancas mais uma edição da Revista Alentejo, propriedade Casa do Alentejo, cujo tem central é "a Revolução de Abril".
Editada e dirigida por António Murteira este número tem uma capa do artista plástico Armando Alves com fragmento de um poema de Francisco Miguel: "só quando a terra for nossa, meu amor, teremos pátria".

Os textos são sobre os "Capitães de Abril", a "Reforma Agrária na Revolução de Abril", o "Poder Local na Revolução de Abril", e " Revolução de Abril e renascimento cultural", da responsabilidade de um naipe de ilustrres colaboradores como sejam Moisés Cayetano Rosado, António Murteira, José Soeiro, Francisco do Ó Pacheco, Eduardo Luciano e Regina Janeiro.

Associação 25 de Abril evoca Salgueiro Maia no Largo do Carmo em Lisboa

A Direcção da Associação 25 de Abril decidiu levar a efeito uma evocação a Salgueiro Maia, "nela personificando a homenagem a todos os militares de Abril, no Largo do Carmo": A iniciativa terá lugar hoje, 25 de Abril às 11 horas, evento para o qual aquela associação de militares "desafia toda a população”.
Nessa ocasião, o Presidente da Direcção da A25A proferirá uma intervenção de fundo na linha da que seria feita na sessão solene na Assembleia da República”.

Segue-se uma romagem ao edifício onde funcionava a PIDE/DGS, na Rua António Maria Cardoso, para evocação da memória dos cidadãos ali assassinados no fim da tarde de 25 de Abril.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

25 DE ABRIL: Documentos de uma Revolução (1)




Juntar Forças pelo 25 de Abril - Jantar na Cantina Velha



MARVÃO: Comemorações do 25 de Abril


PORTALEGRE: Comemorações do 25 de Abril


BORBA: 40 anos do 25 de Abril


FERREIRA DO ALENTEJO: Comemorações do 25 de Abril

A Câmara Municipal e as freguesias do concelho de Ferreira do Alentejo comemoram o 40º aniversário do 25 de abril. Durante este mês várias atividades desportivas e culturais assinalam esta data. Deixamos alguns destaques das várias iniciativas a decorrer.
ALFUNDÃO - 25 DE ABRIL (sexta-feira)
08.00 hs - Alvorada
09.00 hs - Caminhada
Concentração: Sede em Alfundão da União de Freguesias de Alfundão e Peroguarda
26 DE ABRIL (sábado)
21.30 hs - Baile da Pinha com o duo «Rui Soares e Lau» - Centro Cultural - Alfundão
CANHESTROS - 25 DE ABRIL (sexta-feira)
09.00 hs - Içar da Bandeira Nacional - Canhestros
10.00 hs - Passeio de Bicicleta
Concentração e partida: Junto ao Polidesportivo de Canhestros
Itinerário: Canhestros, Fortes Novas, Fortes Velhas, Olhas, Aldeia de Ruins, Canhestros
Org: UFFAC – União das Freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros
13.00 hs - Passeio de bicicleta - Almoço convívio - Recinto Multiusos de Canhestros
Org: UFFAC – União das Freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros
14.00 hs - Matiné com: Duo «Paulo & Sónia» - Recinto Multiusos de Canhestros
Org: UFFAC – União das Freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros
FERREIRA DO ALENTEJO - 22 DE ABRIL (terça-feira)
«I Mercadinho de Primavera»
10.00 hs - Dramatização da estória «O espantalho enamorado» de Guido Visconti e Giovanna Osellame - Centro Cultural Manuel da Fonseca
11:00 hs - Exposição de produtos - Jardim Público
Organização conjunta da Câmara Municipal - serviços da Biblioteca Municipal e serviços DT - espaços verdes e Unidade de Cuidados na Comunidades (UCC)
10.30 hs - Abertura da VII edição da Feira do Livro e da Liberdade
Auditório da Biblioteca Municipal - Org. Biblioteca Municipal
16.00 hs - Torneio de Xadrez - Biblioteca Municipal
Org: Clube de Xadrez e Biblioteca Municipal
23 DE ABRIL (quarta-feira)
10.00 hs - Palestra alusiva ao tema: «bullying» pelo psicólogo Dr. Luís Fernandes - Biblioteca Municipal
Parceria entre os serviços da Biblioteca Municipal e Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC), no âmbito do projeto Saúde Escolar
Destinatários: Alunos do 4º da Escola do 1.º Ciclo e do 6º ano da EB 2,3/S José Gomes Ferreira
21:00hs - Apresentação do livro «Como apagar o bullying da escola» da autoria do Dr. Luís Fernandes - Biblioteca Municipal
Organização conjunta dos serviços da biblioteca municipal e Unidade de Cuidados na Comunidade
Destinatários: pais e docentes
24 DE ABRIL (quinta-feira)
15.00 hs - Deposição de coroa de flores - Memória aos combatentes mortos nas várias guerras
Cemitério de Ferreira do Alentejo – monumento aos combatentes
Org: UFFAC - União das Freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros
22.00 hs - Espetáculo musical «Tributo ao 25 de Abril» - Parque de Exposições e Feiras
Org: Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo
24.00 hs - Espetáculo piromusical «Abril - 40 anos depois» - Parque de Exposições e Feiras
Org. Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo
25 DE ABRIL (sexta-feira)
10.30 hs - Inauguração da exposição «Estranhos familiares» da autoria de Hugo Lucas - Galeria de Arte Capela de Stª António - Org: Museu Municipal
11.00 hs - Inauguração da intervenção artística «Estranhos familiares»  executada na  parede do Centro Cultural Manuel da Fonseca por Hugo Lucas
11.30 hs - Inauguração da exposição “REVOLUSAM”, do cartoonista Sam cedida pelo Museu Nacional da Imprensa do Porto - Sala exposições temporárias do Museu Municipal
Org: Museu Municipal de Ferreira do Alentejo e Museu da Imprensa do Porto
16.00 hs - Cerimónia de homenagem de Mérito Municipal - Pavilhão de Desportos
Organização conjunta: Câmara e Assembleia Municipal de Ferreira do Alentejo
21.00 hs - Apresentação da peça de teatro «25 de Abril- Passado e Presente» pelo grupo de teatro amador «Ritété» - Centro Cultural Manuel da Fonseca - Org: Ritété e Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo
26 DE ABRIL (sábado)
09.00 hs - Passeio BTT de Olhas - Concentração e partida: Sede do Centro de Recreio e Convívio de Olhas - Distâncias: 25 Km, 45 Km, 60 Km.
Org: Centro de Recreio e Convívio de Olhas
09.30 hs - Passeio de bicicleta e almoço convívio nos Gasparões
Local de partida: Sede social da Associação Sócio Cultural dos Gasparões e Aldeia do Rouquenho
Local almoço: Sede social da Associação Sócio Cultural dos Gasparões e Aldeia do Rouquenho
Org. Associação Desfrutar Destinos
27 DE ABRIL (domingo)
09.00 hs - Caminhada de Abril – 11.200m
Concentração e partida: Praça Comendador Infante Passanha
Itinerário: Ferreira, Amoreira, Monte Novo, Quinta do Pereiro, Estação Elevatória, Ferreira.
Org: UFFAC – União das Freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros
10.30 hs - Inauguração da exposição de Arte Sacra da Igreja Matriz alusiva à temática Pascal - Sala serviços educativos do Museu  Municipal
Organização conjunta da Paróquia de Ferreira do Alentejo e Museu Municipal
29 DE ABRIL (terça-feira)
21.00 hs - Apresentação do livro «A minha boca parece um deserto» de Jorge Serafim. - Espaço Infanto  Juvenil Biblioteca Municipal - Org: Biblioteca Municipal
FIGUEIRA DOS CAVALEIROS - 18 DE ABRIL (sexta-feira)
15.00 hs - Torneio de malha corrida - Recinto adjacente ao Centro Cultural de Santa Margarida do Sado
21.00 hs - Baile da Pinha com os «Irmãos Cabanas» - Salão Joaquim Baião em Santa Margarida do Sado
19 DE ABRIL (sábado)
10.00 hs - Cantigas de Taberna em colaboração com a Rádio Singa - Sala Manuel Reis, edifício sede da Freguesia de Figueira dos Cavaleiros
Jogo do Borrego - Campo de Jogo das Amarelas de Figueira dos Cavaleiros
21 DE ABRIL (segunda-feira)
19.00 hs - Final do XVI torneio da Sueca, seguido de jantar convívio entre os participantes e entrega de prémios - Salão Joaquim Baião em Santa Margarida do Sado
22 DE ABRIL (terça-feira)
21.00 hs - Final do XXII torneio da sueca, seguido de jantar convívio - Sala Manuel Reis, edifício sede da Freguesia de Figueira dos Cavaleiros
24 DE ABRIL (quinta-feira)
21.00 hs - Baile com a Acordeonista Catarina Narciso - Salão Joaquim Baião em Santa Margarida do Sado
25 DE ABRIL (sexta-feira)
09.30 hs - Içar das Bandeiras com as atuações da fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Alentejo, Grupo Coral Feminino «As Margaridas de Maio» de Santa Margarida do Sado e do Grupo Coral Misto «Os Rurais» de Figueira dos Cavaleiros - Sede da Freguesia
10.30 hs - Jogos Tradicionais - Campo de jogos das amarelas em Figueira dos Cavaleiros
16.00 hs - Jogo de futebol «Casadas vs Solteiras» - Campo de jogos das amarelas em Figueira dos Cavaleiros
21.30 hs - Baile com o Acordeonista Nuno Florindo, entrega de prémios dos torneios Sueca e Malha e Jogo do Borrego - Salão de Festas de Figueira dos Cavaleiros
ODIVELAS - 19 DE ABRIL (sábado)
15.00 hs - Jogo de Futebol Solteiros x Casados - Parque Desportivo dos Marmeleiros
19.00 hs - Jantar para os participantes - Org: Freguesia de Odivelas
22.00 hs - Baile da Pinha com «Tozé Pratas e Dina Teresa» - Centro de Convívio de Odivelas
Org: Eventos Magalhães  /  Apoio: Junta de Freguesia de Odivelas
24 DE ABRIL (quinta-feira)
20.30 hs - Noite do conto - Centro Cultural de Odivelas
Org: Centro Social e paroquial de Odivelas e Biblioteca Municipal de Ferreira do Alentejo
25 DE ABRIL (sexta-feira)
09.00 hs - Içar da Bandeira - Junta de Freguesia de Odivelas
14.00 hs - Tarde Infantil Desportiva (Miúdos dos 3 aos 12anos) - Parque Desportivo dos Marmeleiros
14.00 hs - Torneio da Malha - Parque Desportivo dos Marmeleiros
Org: Freguesia de Odivelas
ALFUNDÃO - 25 DE ABRIL (sexta-feira)
08.00 hs - Alvorada
09.00 hs - Caminhada
Concentração: Sede em Alfundão da União de Freguesias de Alfundão e Peroguarda
26 DE ABRIL (sábado)
21.30 hs - Baile da Pinha com o duo «Rui Soares e Lau» - Centro Cultural - Alfundão

ARRAIOLOS: Comemorações do 25 de Abril


SOUSEL: Caminhada pela Liberdade


GAVIÃO: Comemorações de 40 anos de liberdade


FERREIRA DO ALENTEJO: Feira do Livro e da Liberdade


terça-feira, 22 de abril de 2014

VILA VELHA DE RÓDÃO: Comemorações do 25 de Abril






MORA: Programa concelhio das comemorações do 25 de Abril




IDANHA-A-NOVA: Concelho comemora 40 anos do 25 de Abril ao longo de 4 dias

Os 40 anos do 25 de Abril vão ser assinalados no concelho de Idanha-a-Nova com um programa de 4 dias, organizado pela Câmara Municipal, Assembleia Municipal e diversas entidades locais, foi hoje anunciado.
Entre quinta-feira e domingo haverá atividades culturais, musicais e desportivas para todos os gostos.
As comemorações iniciam-se na quinta-feira, com o concerto "Zeca Afonso de Coimbra... À Canção de Intervenção", pelas 21h30m, no auditório exterior do Centro Cultural Raiano.
Na sexta-feira, arranca o dia com o hastear da Bandeira Nacional, pelas 09h00, no Edifício dos Paços do Concelho, seguido de uma sessão da Assembleia Municipal comemorativa do 25 de Abril.
Segue-se, a partir das 13h00, um almoço convívio com jogos e música tradicionais, no Largo 25 de Abril, em Idanha-a-Nova.
O programa continua, pelas 16h00, na Ermida da Nossa Senhora do Almurtão, onde está marcada a inauguração e bênção da loja "Formas de Fé".
O dia termina com um concerto de Ana Laíns, no Centro Cultural Raiano, pelas 21h30m, com participação especial das Adufeiras de Idanha-a-Nova.
Para sábado, estão agendadas duas atividades, o II Passeio de BTT dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova e a inauguração das esculturas de Ana Moreira, pelas 18h30m, no Largo 25 de Abril, em Penha Garcia.
Na manhã de domingo decorre um passeio pedestre entre a Senhora da Azenha e a aldeia histórica de Monsanto, que termina com o descerrar de uma placa na casa Zeca Afonso.
No Centro Cultural Raiano, pelas 21h30m, tem lugar a apresentação e projeção do filme "Pecado Fatal" do realizador albicastrense Luís Diogo.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

SANTIAGO DO CACÉM: Amor Electro nas Comemorações do 25 de Abril



40 anos de Abril celebrados no Sardoal

Os 40 anos do 25 de Abril de 1974 serão comemorados no Sardoal através de um conjunto de iniciativas de âmbito cultural e desportivo.
O Átrio da Casa Grande, junto ao edifício dos Paços do Concelho, acolherá uma Exposição intitulada “Cartazes de Abril”. Esta mostra, enquadrada pelo Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra, será inaugurada no dia 24 de abril, pelas 16 horas, e ficará patente até 9 de maio. Neste mesmo espaço estarão também expostos os trabalhos realizados pelos alunos do Agrupamento de Escolas de Sardoal para o concurso de cartazes “40 anos de Abril”.
Um concerto de tributo a Zeca Afonso e Amigos terá lugar no Centro Cultural Gil Vicente, do dia 24, pela 21h30m. O espetáculo tem entrada livre, sujeita ao levantamento de bilhete.
No dia 25 de abril, a cerimónia do Hastear das Bandeiras nos Paços do Concelho decorrerá às 10 horas, com guarda de honra prestada pela Filarmónica União Sardoalense, à qual se seguirão as tradicionais “Corridas da Liberdade”. Estas provas de atletismo, em vários escalões e destinadas a diversas faixas etárias, terão início às 11 horas, na Praça da República.
O I Torneio de Futebol “Os Lagartinhos”, nas categorias de fut4 e fut7, decorrerá a partir das 15 horas do dia 25 e das 14 horas do dia 26, no Parque Desportivo Municipal, com organização do Grupo Desportivo e Recreativo “Os Lagartos”.
No domingo, 27 de abril, o Teatro do Zero, de Vila Franca de Xira, apresenta no Centro Cultural Gil Vicente, pelas 16 horas, a peça “Barrigas e Magriços”, a partir de um texto da autoria de Álvaro Cunhal. As entradas são livres.

Inserido nas comemorações do 25 de Abril, decorrerá também o 25.º Convívio de Pesca Desportiva à Americana, na Barragem dos Patudos, organizado pelo Centro Social dos Bombeiros Municipais de Sardoal.

PORTO: Exposição "A Poesia está na rua"


sábado, 19 de abril de 2014

SANTIAGO DO CACÉM: 1º Passeio BTT - 25 de Abril


ODEMIRA: Recital "O Canto da utopia" faz homenagem a Zeca Afonso

O recital o “O Canto da Utopia” vai ser apresentado no Cineteatro Camacho Costa, em Odemira, no dia 25 de abril, pelas 21.30 horas, no âmbito das comemorações de abril, promovidas pelo Município de Odemira.
Este é um recital de tributo a Zeca Afonso, que apresenta temas de Zeca Afonso interpretados por Francisco Naia, acompanhado pelos músicos José Carita, Edmundo Silva e Marco Rodrigues. O espetáculo é apresentado por Eduardo Raposo, a partir das próprias palavras de José Afonso.
Trata-se de uma viagem intimista pela vida e obra poética e musical de Zeca Afonso, iniciada em Coimbra, na década de 50. Serão abordados os momentos mais marcantes da vida do artista, desde o reencontro com o mar e o amor no Algarve, a vivência no Alentejo, a tomada de uma forte consciência social em Moçambique, a ligação à Galiza, a edição do álbum “Cantigas do Maio”, em 1971, que constitui uma referência fundamental e a génese da nova música portuguesa, até aos anos do pós-25 de abril.

As entradas serão gratuitas.

Idanha-a-Nova comemora 40 anos do 25 de Abril

Os 40 anos do 25 de Abril vão ser assinalados no concelho de Idanha-a-Nova com um programa de quatro dias, organizado pela Câmara Municipal, Assembleia Municipal e diversas entidades locais.
Entre os dias 24 e 27 de abril haverá atividades culturais, musicais e desportivas para todos os gostos.
As comemorações iniciam-se na quinta-feira com o concerto “Zeca Afonso de Coimbra... À Canção de Intervenção”, pelas 21h30, no auditório exterior do Centro Cultural Raiano.
O dia 25 arranca com o Hastear da Bandeira Nacional, pelas 9 horas, no Edifício dos Paços do Concelho, seguido de uma sessão da Assembleia Municipal comemorativa do 25 de Abril.
Segue-se, a partir das 13 horas, um almoço convívio com jogos e música tradicionais, no Largo 25 de Abril, em Idanha-a-Nova.
O programa das comemorações desloca-se, pelas 16 horas, até à Ermida da Nossa Senhora do Almurtão, onde está marcada a inauguração e bênção da loja “Formas de Fé”.
O dia termina com um concerto de Ana Laíns, no Centro Cultural Raiano, pelas 21h30, com participação especial das Adufeiras de Idanha-a-Nova e Filipe Faria.
Para sábado estão agendadas duas atividades, o II Passeio de BTT dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova (inscrição obrigatória junto desta instituição) e a inauguração das esculturas de Ana Moreira,  pelas 18h30, no Largo 25 de Abril, em Penha Garcia.

Na manhã de domingo haverá um passeio pedestre entre a Sra. da Azenha e a aldeia histórica de Monsanto, que termina com o descerrar de uma placa na casa Zeca Afonso (inscrição obrigatória através do 277 202 900). No Centro Cultural Raiano, pelas 21h30, tem lugar a apresentação e projeção do filme “Pecado Fatal” do realizador albicastrense Luís Diogo.